Mutantes & Criaturas
Bem-vindo(a)!

Faça login ou registe-se para poder participar no RPG! Smile

FÓRUM ORIGINAL

Powered By: Eclipse Portugal

Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  Percy Lovegood em Seg Ago 20, 2012 1:58 pm

Capítulo 2 - Os Insultos

INDICAÇÕES:

- Mencionar os governadores (da Península Ibérica) das criaturas e mutantes;
- Falar nas colónias de criaturas/mutantes existentes na Península Ibérica;
- Desentendimento dos governadores através de insultos por ambas as partes;
- Origem a ultimato que propõe uma guerra Ibérica;
- Adeus Portugal e Espanha;
- Preparação das tropas.

Podem mencionar cenas de outros países/regiões.

PROIBIDO:
Double-Posts;
Mensagens inferiores a 6 linhas.

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Percy Lovegood


Mensagens : 191
Idade : 25

Ficha M&C
Habilidade:
46/1000  (46/1000)
Estratégia:
47/1000  (47/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário http://mutantes-e-criaturas.forumeiros.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  Nami Dabila em Seg Ago 20, 2012 3:50 pm

Depois de vários séculos do aparecimento das primeiras criaturas e dos primeiros mutantes e terem começado suas guerras violentas. As colónias de ambas arranjaram 6 Governadores Supremos, cada 6 Governador tem governadores menores por cada terra. (ex: Governador Supremo da Europa e os seus governador menores são da França; Portugal; Espanha; etc.) Os Governadores Supremo são conhecidos com os G.S. com letra maiúscula e os governadores menores como g.m. com letra minúscula. Estes governadores são escolhidos pelo povo, pelos 12 sábios e pelos restantes governadores.

Península Ibérica existem 1 g.m. e 1 G.S. quer para as criatura, que para os mutantes. O G.S das criaturas é um Anjo Guerreiro que vive na cidade Oeste com varias das suas criaturas, enquanto o G.S dos mutantes é um mutante campos de força que vive na cidade Este com varias das seus mutantes.


O G.S dos mutantes tinha cerca de 40 anos era da família do primeiro mutante a aparecer e filho do herói , já morto, dos mutantes. Ele tinha treinado toda a sua vida para matar criaturas, vencendo algumas batalhas e guerras. Uma dessas guerras que tinha vencido era a cidade onde ele agora vivia. Percorreu um longo caminho para chegar onde chegara, muitos inimigos que esternos que internos. Agora na cidade onde estava vivia mais ou menos em paz mas com um dos seus grandes inimigos a alguns km de si, mesmo assim tenha muitos amigos espalhados pelo mundo tal como os adversários.
Sendo um mutante de campos de força tinha desenvolvido as suas próprias técnicas de ataque e evoluído. Tinha uma família normal com 3 filhos, uma mulher e 2 irmãs. Uma das irmãs tinha morrido nas garras do Anjo G.S. das criaturas. Os seus guardas tinha treinados os seus filhos.
O g.m. dos mutantes de Espanha, era o seus braço direito, sendo o seu melhor amigos desde que tinham nascido. Viveram muitas batalhas e guerras juntos, tendo também ter criado o deu próprio Gang.

O G.S. das criaturas tinha cerca de 50 anos, era filho de uns pais pobres mas desde pequeno foi um prodígio e treinado para combater pelas outras criaturas. Em pouco tempo consegui avançar na vida tornado-se braço direito de um g.m., com batalhas que venceu e os mutantes que matou, subiu mais tornado-se um g.m. e então um G.S., quanto salvou um dos G.S.. Sendo dado como prémio a cidade do lado Oeste e entendo um dos seus maiores inimigos a alguns km de si.
Ele tinha uma família muito grande, tendo 12 filhos mas a sua mulher tinha morrido as mãos do G.S. do mutantes. Os filhos tinha treinado com ele e aprendido as suas técnicas.
O g.m. das criaturas de Espanha, era o seu irmão e o seu braço direito. Eles foram separados a nascença mas voltaram-se a encontra quando entraram num Gang. Tinha criado técnicas juntos e ganhado muitas guerras e batalhas.

_________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

<3 <3 <3 <3 ÁGUIA! <3 <3 <3 <3


Spoiler:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Nami Dabila


Mensagens : 452
Idade : 24

Ficha M&C
Habilidade:
65/1000  (65/1000)
Estratégia:
65/1000  (65/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  Avalon Stark em Seg Ago 20, 2012 8:52 pm

Espalhadas por toda a Península Ibérica, haviam centenas de colónias de criaturas e mutantes. Mas não estavam misturadas. Não,havia uma fronteira que ia de Santander a Ceuta, passando por Burgos, Ávila e Córdoba. 850 km de arame farpado, com 3 metros de altura, por onde "ninguém" passava. Ninguém entre aspas, porque havia algumas fugas, claro está, mas delas falaremos mais tarde.
Do lado oeste da fronteira estavam as colónias de criaturas, e do lado este estavam os mutantes.
As maiores colónias de criaturas eram em Braga, Porto, Lisboa, Coimbra, Aveiro,Viseu, Évora, Beja, Faro, Lagos, Gijon, Oviedo, Leão, Valhadolid, Salamanca, Badajoz, Huelva, Jerez de la Frontera, Cadis e Sevilha. As de mutantes eram Barcelona, Tarragona, Castellon de la Plana, Valencia, Alicante, Murcia, Cartagena, Almeria, Granada, Jean, Albacete, Saragoça, Pamplona, San Sebastian, Vitoria, Logronho e Madrid.

Nem todas as colónias de criaturas acolhiam todos os tipos de criaturas. Coimbra, Salamanca e Huelva são apenas habitados por elfos, e Viseu, Beja e Badajoz por lobisomens.
Do mesmo modo, as as colónias de Alicante e Albacete são especializadas em Mutantes da Electricidade, Granada em mutantes de fogo, Valência e Cartagena na água, e Tarragona no campo mágnético.


_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Avalon Stark


Mensagens : 43

Ficha M&C
Habilidade:
48/1000  (48/1000)
Estratégia:
48/1000  (48/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  Finnick Odair em Seg Ago 20, 2012 9:16 pm

Após de tantos anos os Governadores Maiores tentaram fazer um tratado de paz, mas este tinha sido ignorado pelos habitantes das colónias, de quando em vez mutantes e criaturas apareciam mortos, outros gravemente feridos, ambas espécies diziam que a enimígma tinha transposto as regras para atacar os seus enímigos. Fugas de informação escapuliam-se de ambos os lados, as fugas eram a prova disso, mas nunca tinha sido comprovado por ambos os lados quem traíra quem.

Inquéritos eram postos a ambas as espécies, para ver quem andára a trair quem, criaturas e mutantes ambos sofreram truturas para se descaírem na verdade. Era complícado nem mutantes nem criaturas se descaíam, mas criaturas tinham uma pequena desvantagem, a leitura da mente e o controlo por hipnose, o que fazia eles contarem tudo. Agora tudo sobre as fugas tinha sido revelado, segurança reforçada, e Governadores maiores e menores a discutirem quem tinha razão e quem não tinha. Certo dia o Governador Maior das criaturas e o Governador Maior dos mutantes tiveram um encontro, nada amigável e nada bonito de se ver.

O Governador dos mutes ia preparado para uma batalha mas o governador das criaturas não se havia contido também.

-Tens que travar as fugas dos teus mutantes, meu grande velho - disse o G.S. das criaturas.

-E voçês desde o dia que apareceram, desde o dia que aquela maldita caixa de Pândora foi aberta, nunca mais nada foi o mesmo, as tuas criaturas andam a passar os limites e eu irei tomar precauções contra isso.

Uma batalha foi travada entre os G.S. uma grande batalha foi travada, e ferimentos graves foram aplicados aos dois. Insultos eram lançados, de todo o lado, mutantes das colónias agora queriam revoltar-se contra as criaturas, e criaturas contra mutantes, ainda mais insultos eram dispostos, e mais, e mais, e mais. Insultos nunca eram de mais, de nenhuma das partes, ambas as partes retaliavam-se com insultos após a batalha entre os seus governadores.

_________________
[center][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Do you want a Sugar Cube?
[/center]
avatar
Finnick Odair


Mensagens : 129

Ficha M&C
Habilidade:
71/1000  (71/1000)
Estratégia:
69/1000  (69/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  vb em Seg Ago 20, 2012 11:39 pm

A Península Ibérica estava dividida! As criaturas de um lado. Os mutantes do outro. Ambos os lados juraram que a batalha seria eterna. E não havia caso para dúvidas. Assim como o ódio se instalava e aumentava em ambos os lados, as fugas de segurança também aumentavam significativamente. Os insultos tinham-se transformado em pequenas batalhas, as palavras em espadas, os olhares de ódio em poderes especiais. A guerra era o assunto do dia e ambos os lados não pareciam ceder. Matar era o seu objectivo. A fronteira entre o lado Oeste e Este tinha-se transformado completamente num campo de batalha!

Porém, algo inesperado aconteceu. Algo fez um dos lados rugir de fúria. Com esse acontecimento a paciência esgotara-se e tudo mudou.
Numa fuga, que se assemelhava a uma autêntica e violenta guerra, o filho mais velho do G.S das criaturas e o herdeiro do trono morreu. Quando o G.S tomou conhecimento do sucedido nem queria acreditar. De seguida, enviou uma tropa especial para aquele lugar. Essa tropa seria liderada por... ELE. Nos três dias seguintes, deu-se um confronte de forçar incrível. Porém, com a chegada do G.S das criaturas, o equilíbrio acabou. Foi uma autêntica tortura. Nada restou, senão sangue.
O G.S dos mutantes não esperava aquela atitude e aquele movimento surpresa por parte das criaturas. Não tardou a mandar tropas para lá. Porém, quando estas chegaram, as criaturas já tinham desertado. O G.S e as principais tropas de mutantes estavam agora todas localizadas num único local, onde as criaturas sabiam.
O G.S das criaturas tinha tomado uma estratégia completamente diferente. Quando teve a confirmação de que os principais mutantes estavam todos reunidos no lugar onde houve a grande fuga, mandou as suas tropas para todas as principais fugas da fronteira. Tropas especiais estavam agora localizadas em sítio estratégicos, cada uma nos maiores pontos de insegurança.
Com isto, o G.S das criaturas não tardou em tomar uma acção. Mandou uma criatura enviar uma carta ao G.S dos mutantes. Eis o que dizia:


«Tropas especializadas em combate contra mutantes estão localizadas em todas as fugas principais . Um sinal e elas avançam, sem piedade.
Só há uma coisa a fazer, para elas não avançarem e desvastarem o vosso lado.
Retira do campo de batalha todas as tuas tropas. Desde as maiores às mais pequenas.»
Se não obedecerem, o Inferno chegará.

vb


Mensagens : 303
Idade : 61

Ficha M&C
Habilidade:
75/1000  (75/1000)
Estratégia:
75/1000  (75/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  Nami Dabila em Seg Ago 20, 2012 11:55 pm

Topico off: Era complícado nem mutantes nem criaturas se descaíam, mas criaturas tinham uma pequena desvantagem, a leitura da mente e o controlo por hipnose, o que fazia eles contarem tudo. (Enganaste-te Finny essa e a fraqueza dos mutantes.)


__________________________________________________________________________________________________________________________________________________

O G.S dos mutantes ficou completamente chateado com o que tinham lido e gritava para os seus conselheiros:

- Mas quem ele julgasse que é? Achas que me vou render tão facilmente! Ainda por cima ameaçando-me! Vou o matar com a minha própria espada vão ver! Não tenho medo dele, NUNCA! Ouviram NUNCA!
- Vossa alteza seria mais sábio se nos retiramos. - Disse um dos conselheiros a tremer por todo o lado.
- Dei-lhe permissão para falar sábio vermelho? - perguntou o G.S. ferozmente e dando um murro na mesa que fez com que todos os sábios da mesa dessem um pulo.

Os conselheiros do rei/governador eram 7 e cada um designado com uma cor, como as 7 cores do arco-íris. O vermelho, o laranja, o anil (ou azul escuro[acho que é isso]), o violeta, o amarelo, o azul e o verde. Cada um escolhido pela sabedoria, força, desejo, e percurso da vida. Todos eram respeitados por isso mas o rei não era obrigado a aceitar as suas sugestões.

- Não senhor. - Responde o mais rápido que podia o sábio vermelho.

O sábio violeta já estava com a mão levantada desde que um guarda tinha lido a carta ao rei. Ainda ficou com a mão alevantado durante algumas horas, enquanto o rei berrava e com o tempo ai ficando mais clamo. Ele não tinha medo do rei/governador era o seu braço esquerdo como guerreiro e o seu braço direito como sábio, muitos o invejavam por isso mas ele não se importava. A sua espera foi compensada quando o governado finalmente de aclamou e disse:

- Podes falar sábio violeta.
- Meu senhor que tal nos retiramos, espere! Oiça até ao fim. Que tal fingir que nos retiramos e recortar homem? Podemos mandar homens recrutar pessoas sem que ninguém saiba os melhor, para termos bases. Assim o nosso povo que quer dar cabo das criaturas vai-nos ajudar e nos vamos defender e conquistar! Ainda falta alguns dias para haver as fugas. Podemos colocar o nosso povo nelas, a defender os locais importantes com a nossa ajuda. As nossas tropas podem ser divididas pelos locais mais importantes e os nosso filhos protegidos. - Disse o Sábio muito calmamente como se ainda tivesse a rever o plano mais uma vez - Todo o tempo e precioso.
- Não é ma ideia não! - Disse o Governador com um sorriso - Alguém tem mais alguma ideia?

Ninguem alevantou a mão por isso ele continuou.

- Vamos a votações quem concorda? laranja.
- Sim.
- anil?
- sim.
- vermelho?
- Tem falha senhor! O nosso inimigo vai desconfia se nos retiramos tão rapidamente.
- Tens razão, o que sugeres!
- Responder como a mesma agressividade ou então dizer alguma coisa que a guerra vai continuar quando ele menos esperar!
- Pode ser - disse o governador pensativo - amarelo?
- Concordo com os dois.
- Azul?
- Senhor vai haver muitos feridos. A guerra pode durar anos temos que pensar no futuro dos nosso filhos e do nosso povo! Não concordo.
- Não vou tolerar que aquele verme me de a volta! Vai a ver guerra de uma maneira ou de outra. - Disse o Governador voltando a ficar furioso - Verde?
- Se é para lutar estarei sempre consigo!

Depois de mais alguns discussões e alguns pormenores. O governador mando os melhores espelhos recortarem o seu povo para a luta, em 2 dias já tinha 1/3 da população pronta para combater. Armamento, e os dias que restavam iam treinados. Os seus soldados começaram a espalhar-se pelo reino o mais depressa que conseguiam, e os recrutas para os lugar predestinados. Enquanto isso mandou uma mensagem ao G.S. das criaturas:

« Nunca na vida vou-me render por uma ameaça sem valor! Principalmente vinda de um insecto insignificante! Posso não ter tempo para defender todas as minhas terras mas mesmo assim te vencerei e te matarei com o meu próprio pé! »


_________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

<3 <3 <3 <3 ÁGUIA! <3 <3 <3 <3


Spoiler:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Nami Dabila


Mensagens : 452
Idade : 24

Ficha M&C
Habilidade:
65/1000  (65/1000)
Estratégia:
65/1000  (65/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  vb em Ter Ago 21, 2012 1:23 am

As tropas das criaturas continuavam localizadas nos mesmos lugares.
O G.S das criaturas tinha esperado algum tempo pela resposta do G.S dos mutantes e agora que a tinha lido não queria acreditar.
- Não estava à espera disto! Como é que aquele ser inferior tem a coragem de me desafiar desta maneira !? Isto não vai ficar assim... Ele pode ter a certeza que não!

O G.S das criaturas mantinha-se afastado dos campos de batalha. Estava no seu palácio e, agora que tinha de tomar uma decisão, mandou chamar as duas criaturas mais inteligentes, que faziam parte das suas tropas.
Depois de lhes explicar toda a situação, o G.S começou a discutir o que fazer com as duas criaturas.
- Como prometido, estou a planear atacar. Se não o fizermos eles vão perceber que nós recuámos e, ainda por cima, eles devem já estar a preparar as tropas. Temos de tomar uma decisão rápida e actuar antes que eles não tenham tempo de fazer seja o que for! - Exclamou o G.S.
- Se atacarmos imediatamente eles não terão tempo de arranjar os mutantes suficientes! - Declarou uma das criaturas.
- Temos de agir já, meu senhor! - Concluiu o outro.

E assim foi.
O G.S ordenou que as suas tropas avançassem sem piedade e que matassem todos os que se opusessem.
Porém, quando as tropas se encararam nos mais diversos campos de batalha, parecia que havia um novo equilíbrio. Os mutantes conseguiram recrutar novos soldados a tempo!
"Mutantes do povo?" - Pensou para si uma das criaturas mais inteligentes que comandava as tropas a sul, que se localizavam numa das maiores frentes de batalha.
- Criaturas! O número de combatentes de cada lado é igual! Os mutantes conseguiram recrutar gente suficiente para nos equilibrar em número! Mas, não passam de meros mutantes sem qualquer tipo de treino especializado! Comparados connosco não são nada! - Gritou a criatura às suas tropas.
Os mutantes começavam a avançar na direcção das criaturas quando o discurso acabou.
- Lobisomens e vampiros em frente! Elfos para a floresta! Banshees dêem cobertura aos Elfos! E Anjos Guerreiros, sigam-me! Vamos para o céu!

Batalhas deste tipo começaram e deram-se por toda a fronteira.


vb


Mensagens : 303
Idade : 61

Ficha M&C
Habilidade:
75/1000  (75/1000)
Estratégia:
75/1000  (75/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  Nami Dabila em Ter Ago 21, 2012 1:51 am

Os mutantes tinha conseguido recrutar mutantes desde os 12 anos de idade ate aos 50 anos. 1/3 da da sua população era muita gente, estavam com o mesmo numero da cabeças menos a cabeça do filho da criatura insignificante chefe. Os dias tinha sido escassos mais alguns dos mutantes aprendiam depressa, outros poderiam aguentar uns 5 minutos ou menos na batalha. Por isso ao cada 3 mutantes inexperientes tinha um muito experiente ao seu lado, que lhe podia dar indicações, assim os mutantes podia durar mas tempo. Não era só mutantes inexperientes ou que precisavam de treino que tinha recrutado, também tinha recortado mutantes ladrões, assassinos, violentos, procurados, alguns soldados antigos e os próprios gangues!

- Mutantes de Água e de Mutantes da Electricidade mantenham-se sempre a pares e juntos! Combinem os poderes e tentam desmaiar todas as criaturas que conseguirem! - Disse o g.m. que ajudava o G.S. - Mutantes dos Campos de Força fiquem a frente e atrás, façam barreiras, um escudo que proteja as cidades. Dividem-se em turnos para o escudo nunca falhar! Mutantes do Fogo derretam todo o metal que conseguirem dos adversários e queimem as florestas mais próximas das linhas de ataque! Mutantes Acrobatas Ajudem todos os vossos companheiros na luta, passem as mensagens dos grupos e repartem a situação por todos.

_________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

<3 <3 <3 <3 ÁGUIA! <3 <3 <3 <3


Spoiler:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Nami Dabila


Mensagens : 452
Idade : 24

Ficha M&C
Habilidade:
65/1000  (65/1000)
Estratégia:
65/1000  (65/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  vb em Ter Ago 21, 2012 2:04 am

A maioria das criaturas tinha recebido treino intensivo e como tal estavam habituadas a este tipo de luta. Em termos de experiência estavam em vantagem.
As lutas continuavam e cada vez mais sangue era derramado. As criaturas achavam que os mutantes tinham ido longe demais. Mutantes de 12 anos !? Parecia que não olhavam a meios para atingir os fins.
No entanto, as criaturas tinham de fazer o seu trabalho e tinham de eliminar qualquer mutante que se opusesse. Criança ou não.
Os líderes das tropas não se cansavam de dar ordens.

- Está na hora de dar um novo rumo à batalha! Vampiros transformem-se em mutantes e façam-se passar por eles. Na hora certa matem o maior número de mutantes que puderem! Lobisomens incapacitem os mutantes com os uivos e utilizem as vossas garras e dentes! Elfos está na hora de se tornarem invisíveis! Tentem regenerar as partes dos vossos corpos e aproveitem a vossa invisibilidade para os destruir! Banshees gritem quando tiverem rodeados de mutantes! Anjos arqueiros, utilizem os vossos arcos daqui do céu! Os outros entrem nas mentes daqueles vermes e levem-nos à morte!

vb


Mensagens : 303
Idade : 61

Ficha M&C
Habilidade:
75/1000  (75/1000)
Estratégia:
75/1000  (75/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  Nami Dabila em Ter Ago 21, 2012 2:46 am

A guerra entre os mutantes e criaturas tinha sido levada para um tal rumo que mais de metade dos mutantes e das criaturas morreram nelas. Muitos inocentes envolvidos no meio das batalhas morrerem, famílias inteiras e suas terras foram devastadas. No céu só se via setas, no chão corpos e sangue, no meio pessoas que lutavam umas com as outras porque os seus governadores assim ordenavam. Em todos os reinos ouviam-se metal a embater um no outro, gritos de sofrimento, chores pelas pessoas perdidas e as suas terras, mas no meio de tudo ouvia-se uma profunda tristeza por algo que não tinha valido a pena.

Os governadores não sabiam o que fazer, por causa do seu egoísmo! A família perderam juntamente com o seu povo, mas mesmo assim queriam vencer provar ao adversário que as terras iam ter! O ódio e a vingança que lhes corriam pelo sangue era tão profunde que os cegou, e não deixavam o campo de batalha, até a cabeça um do outro terem!

Os soldados ao verem a destruição a sua volta, os corpos sem vida no chão e as lágrimas que lhes corriam na cara por uma salvação. Todos eles não queriam mais sangue, só queriam ir para casa para ao pé da família que ainda restava, se ainda restava alguma! O cheiro a morte era mais insuportável do que as suas próprias feridas, quer internas, quer externas. O cansaço já era tanto que mal conseguiam-se alevantar, a o desejo de combater já a muito tinham deixado de o ter. Com as armas no chão que mutantes que criaturas combateram os medos e disseram aos seus governador que já não queriam combater.

Os Governados sem nada poderem fazer, ao verem o que tinha destruído e perdido. Mandaram uma carta a um ao outro a dizer que se ião retirar mas nunca render! Com a saída de ambos nos locais da batalha, levando os corpos dos seus soltados e companheiros para suas terras. Durante 2 semanas houveram enterros quer de mutantes quer de criaturas, durante meses lágrimas derramadas por elas e durante anos a construção de famílias.

Ambos os governadores perderam muito com estas batalhas. O G.S. das criaturas que tinha começado a guerra por causa da morte do filho herdeiro, com esta batalha tinha perdido a sua mulher, 6 dos seus filhos, alguns grandes amigos e lutadores natos. Como também algumas das suas terras, tendo estas sendo destruídas mas mesmo assim tinha esperanças para o futuro. O G.S. dos mutantes que tinha aceitado uma provocação de animo quente e sem pensar duas vezes, com esta batalha tinha perdido o seu melhor amigo, 1 dos seus filhos, os seus companheiros e algum do futuro dos mutantes. Como também tinha terras completamente devastadas, tinha ganhado alguns terrenos mas tinha perdido tudo o resto.

_________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

<3 <3 <3 <3 ÁGUIA! <3 <3 <3 <3


Spoiler:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Nami Dabila


Mensagens : 452
Idade : 24

Ficha M&C
Habilidade:
65/1000  (65/1000)
Estratégia:
65/1000  (65/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  Finnick Odair em Ter Ago 21, 2012 12:38 pm

Nami Dabila escreveu:Topico off: Era complícado nem mutantes nem criaturas se descaíam, mas criaturas tinham uma pequena desvantagem, a leitura da mente e o controlo por hipnose, o que fazia eles contarem tudo. (Enganaste-te Finny essa e a fraqueza dos mutantes.)

Como pode ser dos mutantes se não temos mutantes com poderes de leitura da mente nem de hipnose, as criaturas é que têm, portanto não me enganei, mutantes interrogam mutantes, criaturas interrogam criaturas.

_________________
[center][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Do you want a Sugar Cube?
[/center]
avatar
Finnick Odair


Mensagens : 129

Ficha M&C
Habilidade:
71/1000  (71/1000)
Estratégia:
69/1000  (69/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  Drake Fisher em Ter Ago 21, 2012 3:28 pm

As fronteiras tinham ficado definidas e a península ficou dividida desde Santander até arredores de Ceuta.
Passaram-se vários meses de luto, tanto por parte dos Mutantes como por parte das Criaturas. O preço da guerra fez-se pagar nas áreas fronteiriças de ambos os lados. O preço dos alimentos aumentava e cada vez o povo tinha menos dinheiro. As áreas menos afectadas eram as que estavam situadas mais longe da fronteira.
Entretanto, os Governadores queriam vingança. Já tinham perdido quase tudo e estavam determinados em não perder a guerra. O governador dos Mutantes ajolou-se numa área central a Este, entre Madrid e Castellon de la Plana. Pretendia treinar todos os tipos de mutantes nas artes de combate e a aumentar os seus poderes. Para concretizar isso, foram enviadas mensagens a todas as cidades, vilas, aldeias e aldeolas para que os mutantes que quisessem proteger a sua pátria e as suas famílias e amigos se juntassem aos vários pontos de recruta e de treino. Com os novos habitantes mutantes de todo o Mundo a chegar ao lado Este da península, a economia começou a aumentar e cada vez os Mutantes tinham mais tropas e o local onde o Governador estava alojado, passou a ser conhecido com a Cidade Este.
Mas não eram apenas os Mutantes que se organizavam e treinavam as suas habilidades. O Governador das Criaturas teve uma ideia praticamente igual e alojou-se numa zona a Oeste de Salamanca, que passou a ser chamada Cidade Oeste. Anjos Guerreiros voaram com mensagens também para todo o mundo para chamarem Criaturas para a luta.
Assim, ambos os lados da península foram militarizados e as fronteiras passaram a ser vigiadas constantemente. As terras foram unificadas e raças diferentes de Criaturas e tipos diferentes de Mutantes uniram-se cada um com um objectivo: Destruir os outros.
E foi assim que Portugal e Espanha desapareceram para dar lugar a duas novas regiões. Este e Oeste.

Spoiler:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

_________________
Spoiler:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Drake Fisher


Mensagens : 67

Ficha M&C
Habilidade:
49/1000  (49/1000)
Estratégia:
50/1000  (50/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  Percy Lovegood em Qua Ago 22, 2012 5:10 pm

- Fim da 2ª TimeLine -

Avaliação publicada em breve.

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Percy Lovegood


Mensagens : 191
Idade : 25

Ficha M&C
Habilidade:
46/1000  (46/1000)
Estratégia:
47/1000  (47/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário http://mutantes-e-criaturas.forumeiros.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  Abigail Leclair em Qui Ago 23, 2012 3:07 pm

Recompensas atribuídas

- Habilidade: 6
- Estratégia: 6
- 5 Moedas

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
~~~Literally~~~
avatar
Abigail Leclair


Mensagens : 217

Ficha M&C
Habilidade:
40/1000  (40/1000)
Estratégia:
38/1000  (38/1000)
Nível:
1/5  (1/5)

Ver perfil do usuário http://greenharpy.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 2 - Os Insultos [Terminado]

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum